Você está Preparado?

No final do discurso escatológico sobre os fim do mundo, o evangelho de Lucas relata as palavras de Jesus para todos aqueles que esperam aquele grande dia. Lucas 21:34 “E olhai por vós, para que não aconteça que o vosso coração se carregue de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia”.

Jesus aponta para três grandes pecados que iriam separar as pessoas do Reino que ele anunciava como sendo “vindouro” e que haveria de ser consumado com sua segunda vinda. Estes pecados são condenados como sendo a causa da destruição do antigo mundo antediluviano; o evangelho de Mateus relata esse detalhe – “ E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do Homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem” Mateus 24:37-39.

Lucas enfatiza os três pecados de forma mais direta, tirando do contexto do mundo antediluviano. O excesso no comer, o excesso na bebida e os cuidados desta vida, haverão de retirar o foco do nosso preparo para a iminente volta de Jesus. Muitas pessoas serão pegas de “improviso” diz o evangelista.

Quando as escrituras usam a terminologia “…não aconteça que o vosso coração se carregue de…”, está se referindo as nossas afeições, desejos e prioridades. É uma realidade que nos entregamos aos desejos do nosso corpo (as escrituras usam o termo “desejos da carne”) e que esses desejos são satisfeitos com os mais diferentes excessos.

Hoje nos apercebemos que há uma epidemia mundial de obesidade, o álcool é uma droga lícita e a sexualidade é uma diversão.

Glutonaria é o excesso em se comer os alimentos; as pessoas a um aumento de peso e a obesidade e seus riscos para a saúde do coração. “A obesidade está aumentando nos Estados Unidos a um ritmo jamais visto antes, revela uma pesquisa. No ano passado, a percentagem de pessoas obesas passou de 23,7% para 24,5% da população, registrando aumento em 48 dos 50 Estados americanos. Ao todo, cerca de 199 milhões de pessoas estão acima do peso recomendado pelos médicos. Se continuar neste ritmo, 73% dos adultos nos Estados Unidos vão estar ou com sobrepeso ou sofrendo de obesidade em 2008” BBC

Os efeitos dos excessos na alimentação também alcançam a espiritualidade do individuo. Isto está implícito na advertência de Jesus sobre estar atento quanto aos excessos da alimentação.

“O álcool é mais perigoso do que drogas como maconha, LSD e ecstasy, de acordo com um estudo publicado na última edição da revista médica especializada The Lancet. Médicos da Universidade de Bristol e do Conselho de Pesquisa Médica da Grã-Gretanha desenvolveram um novo sistema de classificação que, segundo eles, reflete melhor os riscos representados por cada droga. Para melhor comparar os riscos, foram incluídas cinco drogas legais, entre elas, o tabaco e o álcool. O especialista ressaltou ainda que pelo menos uma pessoa por semana morre na Grã-Bretanha por consumo excessivo de álcool, enquanto menos de dez mortes por ano são registradas por consumo de ecstasy” BBC

As pessoas usam álcool para se drogar e alterar o humor, ficarem mais sociáveis, esquecer os problemas e superar situações variadas. Esse tem sido um artifício até mesmo usado por alguns cristãos. Cristianismo e vícios nunca foram compatíveis.

Os “cuidados da vida” são o último fator apontado por Jesus como o aquele que iria tirar o preparo da vida de seus seguidores neste mundo. E convenhamos há muitas motivos para se preocupar. Desde a preocupação em conseguir comprar uma bugiganga eletrônica até o pagamento das despesas da casa, “os cuidados da vida” tem nos consumido tempo, saúde e as relações familiares.

Mães deixam seus filhos com estranhos para poder trabalhar; os pais são figuras ausentes no convívio familiar; famílias vivem isoladas sem vínculo parentesco regular, os valores são mais monetários do que afetivos.

“Porque virá como um laço (repentinamente) sobre todos os que habitam na face de toda a terra. Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas essas coisas que hão de acontecer e de estar em pé diante do Filho do Homem” Lucas 21:34 e 35.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: