Publicado por: clezius | junho 7, 2008

Comportamento

Comportamento

Mais perto do que antes


Era uma sexta-feira fria e de muita expectativa nas estradas. Milhares de motoristas saíam de viagem para o dia das mães. Já passava das seis da tarde quando ouvi pelo rádio que São Paulo registrava naquela hora o maior congestionamento da história. Durante algum tempo fiquei chateado, afinal queria chegar logo. Sem ter o que fazer, comecei a observar as pessoas em minha volta e aprendi muito.
 
Todas estavam nervosas, preocupadas com a demora e principalmente ansiosas. Algumas reclamavam, gesticulavam e até xingavam. Outras se incomodavam com a sensação de impotência. Afinal mesmo com o controle do veículo nas mãos, não podiam fazer nada para mudar aquele cenário. Olhar de longe para uma outra avenida e perceber que lá os motoristas seguiam rapidamente, gerava uma certa inveja em muita gente.
 
Observando tudo isso, entendi que Deus queria me ensinar algo precioso sobre o comportamento humano. Também enfrentamos congestionamentos em nossas vidas. Existem momentos em que tudo parece um caos. Olhamos para todos os lados e só enxergamos barreiras. Apesar de termos o controle das nossas atitudes, nada acontece no caminho aparentemente obstruído. Diante da demora em atingir o alvo, muitas vezes agimos exatamente como os motoristas em meio a um congestionamento, nos desesperamos quando deveríamos ficar quietos.  
 
Quando o motorista olha apenas para a enorme fila de carros à frente, ele não consegue perceber que a vista da janela lateral já não é mais a mesma. Que apesar de lento, o carro se movimenta e já não está no mesmo lugar.
 
Quando estamos ansiosos e olhamos só para os problemas, temos dificuldade de enxergar o trabalhar de Deus. A sua vida não está parada. Você está no caminho que vai te levar ao lugar desejado. Não se atente para as impossibilidades. Quando surgir a sensação de que nada está acontecendo, lembre-se que você está mais perto do que ontem.
 
“Mas eu esperarei continuamente, e te louvarei cada vez mais.” (Sl 71.14).

::Por Juliano Matos

Jornalista e colaborador do portal Lagoinha.com

julianomattos@yahoo.com.br

Era uma sexta-feira fria e de muita expectativa nas estradas. Milhares de motoristas saíam de viagem para o dia das mães. Já passava das seis da tarde quando ouvi pelo rádio que São Paulo registrava naquela hora o maior congestionamento da história. Durante algum tempo fiquei chateado, afinal queria chegar logo. Sem ter o que fazer, comecei a observar as pessoas em minha volta e aprendi muito.
 
Todas estavam nervosas, preocupadas com a demora e principalmente ansiosas. Algumas reclamavam, gesticulavam e até xingavam. Outras se incomodavam com a sensação de impotência. Afinal mesmo com o controle do veículo nas mãos, não podiam fazer nada para mudar aquele cenário. Olhar de longe para uma outra avenida e perceber que lá os motoristas seguiam rapidamente, gerava uma certa inveja em muita gente.
 
Observando tudo isso, entendi que Deus queria me ensinar algo precioso sobre o comportamento humano. Também enfrentamos congestionamentos em nossas vidas. Existem momentos em que tudo parece um caos. Olhamos para todos os lados e só enxergamos barreiras. Apesar de termos o controle das nossas atitudes, nada acontece no caminho aparentemente obstruído. Diante da demora em atingir o alvo, muitas vezes agimos exatamente como os motoristas em meio a um congestionamento, nos desesperamos quando deveríamos ficar quietos.  
 
Quando o motorista olha apenas para a enorme fila de carros à frente, ele não consegue perceber que a vista da janela lateral já não é mais a mesma. Que apesar de lento, o carro se movimenta e já não está no mesmo lugar.
 
Quando estamos ansiosos e olhamos só para os problemas, temos dificuldade de enxergar o trabalhar de Deus. A sua vida não está parada. Você está no caminho que vai te levar ao lugar desejado. Não se atente para as impossibilidades. Quando surgir a sensação de que nada está acontecendo, lembre-se que você está mais perto do que ontem.
 
“Mas eu esperarei continuamente, e te louvarei cada vez mais.” (Sl 71.14).

::Por Juliano Matos

Jornalista e colaborador do portal Lagoinha.com

julianomattos@yahoo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: