Publicado por: clezius | junho 2, 2008

A Mensagem de Jesus

“O tempo é chegado”, dizia ele.
“O Reino de Deus está próximo.
Arrependam-se e creiam nas boas novas!”
Marcos 1:15

Todos nós temos ouvido pessoas falando o que dizem ser a mensagem de Jesus.

Nesta área queremos mostrar através das suas palavras, exatamente o que foi a mensagem que Ele anunciou, e a sua importância no século 21.

OBS: Deixe seus comentários sobre este assunto em nossa comunidade online.

O que foi a Mensagem de Jesus?

De lá ele foi por toda parte de Galiléia. Ele usou sinagogas para suas reuniões e ensinou às pessoas a verdade de Deus. O reino de Deus era o tema dele – que começando agora mesmo elas estavam debaixo do governo de Deus, um bom governo! Ele também curou as pessoas das suas doenças e dos efeitos ruins das suas vidas ruins. – Mateus 4:23 “The Message” (tradução própria)

Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças.Mateus 9:35

Qual foi a mensagem que Jesus pregou? Como nós podemos ver nos versículos citados acima, uma palavra que aparece muito no contexto da pregação de Jesus é a palavra Reino .

Depois que João foi preso, Jesus foi para a Galiléia, proclamando as boas novas de Deus. “O tempo é chegado”, dizia ele. “O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se (mudem sua forma de pensar e sua forma de agir) e creiam nas boas novas!” – Marcos 1:14 – 15
Daí em diante Jesus começou a pregar: “Arrependam-se, (mudem sua forma de pensar e sua forma de agir) pois o Reino dos céus está próximo.” – Mateus 4:17
Mas ele disse: “É necessário que eu pregue as boas novas do Reino de Deus noutras cidades também, porque para isso fui enviado.” – Lucas 4:43

Mesmo depois de Ele ter morrido e ressuscitado, a sua mensagem não mudou:

Depois do seu sofrimento, Jesus apresentou-se a eles e deu-lhes muitas provas indiscutíveis de que estava vivo. Apareceu-lhes por um período de quarenta dias falando lhes acerca do Reino de Deus. – Atos 1:3

João Batista, preparando o caminho para o Senhor Jesus, pregou sobre o Reino:

Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: “Arrependam-se, (mudem sua forma de pensar e sua forma de agir) pois o Reino dos céus está próximo”. – Mateus 3:1-2

Jesus mandou os seus discípulos pregarem sobre o Reino:

Jesus enviou os doze com as seguintes instruções: “Não se dirijam aos gentis, nem entrem em cidade alguma dos samaritanos. Antes, dirijam-se às ovelhas perdidas de Israel. Por onde forem, preguem esta mensagem: O Reino dos céus está próximo. Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça, dêem também de graça.” – Mateus 10:5 – 8

O evangelista Filipe, em Samaria, pregou sobre o Reino:

No entanto, quando Filipe lhes pregou as boas novas do Reino de Deus e do nome de Jesus Cristo, creram nele, e foram batizados, tanto homens como mulheres. – Atos 8:12

O Apóstolo Paulo pregou sobre o Reino:

Paulo entrou na sinagoga e ali falou com liberdade durante três meses, argumentando convincentemente acerca do Reino de Deus. – Atos 19:8
Por dois anos inteiros Paulo permaneceu na casa que havia alugado, e recebia a todos os que iam vê-lo. Pregava o Reino de Deus e ensinava a respeito do Senhor Jesus Cristo, abertamente e sem impedimento algum. – Atos 28:30 – 31

E é esta a mensagem que tem de ser anunciada ao mundo todo, antes dele voltar:

E este evangelho (boa notícia) do Reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim. -Mateus 24:14

Então o que é a boa noticia sobre o Reino dos Céus, o Reino de Deus? Vamos falar sobre isso na próxima matéria: Um outro mundo está aqui.

Deixe seus comentários sobre esta matéria em nossa comunidade online.

Para saber mais sobre o Evangelho do Reino, visite nosso seminário online.

Um Outro Mundo está Aqui

Um outro mundo é possível – Lema do Fórum Social Mundial

“Finalmente chegou o tempo!” anunciava Ele. “O Reino de Deus está próximo. Afastem-se dos seus pecados e ajustem sua vida a esta gloriosa mensagem!” – Jesus, Marcos 1:14 A Bíblia Viva

Em janeiro de 2005 eu estive no V Fórum Social Mundial em Porto Alegre – RS. Com 155.000 participantes, 6.872 organizações representando 151 países e 2.500 atividades, o fórum debatia o lema ‘Um outro mundo é possível’. Movimentos da extrema esquerda, projetos de reciclagem e ecologia, representantes de minoridades e defensores de direitos humanos, parecia que não faltavam opções e opiniões de como podemos fazer deste planeta um lugar melhor para viver.

Alíás, faltava sim. Nos seis dias do fórum, eu fiquei decepcionado com o silêncio da igreja evangélica. Houve alguma presença dos evangélicos, sim, na maioria sobre assistência social, mas eu não vi nenhuma expressão de uma ideologia evangélica, nenhuma explicação de como a mensagem de Jesus poderia revolucionar este planeta. Mas a mensagem de Jesus, a ‘Boa notícia do Reino’ é uma revolução silenciosa que tem o potencial para transformar este mundo.

O Fórum Social Mundial anuncia que um outro mundo é possível. Mas há dois mil anos Jesus veio anunciando que um outro mundo, um outro Reino, uma outra dimensão de vida, já está aqui.

O povo de Israel entendia – ou pelos menos achava que entendia – a mensagem de Jesus sobre a chegada do Reino de Deus. No início do primeiro século, Israel era um país conquistado e dominado pelo inimigo. Os exércitos de Roma estavam nas ruas, e governantes-fantoches dos Romanos governavam, debaixo da autoridade do próprio César. O Reinado glorioso de Davi e seu filho Salomão era apenas uma memória para o povo de Israel. Uma memória, mas também uma esperança. Porque, nas escrituras do Antigo Testamento se escondia a promessa de que um dia um Rei irá estabelecer um reino que durará para sempre1.

E agora o Senhor Jesus veio proclamando que o Reino de Deus havia chegado. É facil entender porque, mesmo depois de sua morte e ressurreição, seus próprios discípulos ainda perguntavam quando Ele iria restaurar o Reinado de Israel2, recebendo a curta resposta “ainda não, deixa pra lá!”

Mas as condições do povo de Israel eram apenas um exemplo da condição de todos os seres humanos. Desde a queda do homem no Jardim de Éden – o primeiro ato de rebeldia contra a soberania de Deus – este planeta tem servido a um rei tirano, um invasor, um impostor. Não é à toa que a Bíblia disse que “o mundo todo está sob o poder do Maligno3.

Quando Jesus veio anunciando a chegada do Reino dos Céus, o Reino de Deus, ele estava oferecendo aos seus ouvintes uma escolha. Ele estava dizendo, “olha, você pode continuar vivendo como já está vivendo, debaixo da tirania do rei deste mundo, ou você pode arrepender-se – mudar sua forma de pensar e sua forma de viver, tornando-se um cidadão dos céus, mesmo aqui na terra”. Esta mudança de estado, mudança de cidadania espiritual é tão profunda que ele a comparou a um novo nascimento4, o começo de uma nova forma de viver.

A entrada neste novo reino, nesta nova vida, só foi possível por causa da morte de Jesus na cruz, quando Ele levou toda a nossa rebeldia, todo o nosso pecado, para que possamos ter o direito de tornar-mo-nos ‘filhos de Deus’. A sua ressurreição da morte é prova de que sua oferta, seu sacrifício por nós, foi aceito pelo Pai, e que nós também viveremos com ele para sempre.

Todos nós temos ouvido esta história desde pequeninos. Mas há um detalhe aqui que muitas vezes fica esquecido. Quando Jesus falou sobre o Reino de Deus, o Reino dos Céus, ele não estava falando somente sobre o futuro, sobre o céu de Deus onde iremos depois da morte. Nas suas pregações, o Senhor Jesus também colocou o Reino de Deus no presente, no aqui e agora.

Olha na sua oração modelo que ele ensinou aos discipulos: Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu 5.

Assim na terra como no céu. O Senhor Jesus estava dizendo que nós podemos ver o Reino de Deus agindo e operando aqui na terra. Podemos ver o agir de Deus, a demostração da soberania de Deus, aqui, agora.

Quando Jesus pregava sobre o Reino, Ele também mostrava a realidade da sua mensagem curando e libertando as pessoas do poder do inimigo. A cura e a libertação mostram a realidade da autoridade de Deus, a realidade da presença do seu Reino, do seu governo, aqui na terra. Na mesma forma, Ele enviou seus seguidores para não somente falar sobre o Reino mas para mostrar a realidade da mensagem, como o apóstolo Paulo explicou “o Reino de Deus não consiste de palavras, mas de poder”6.

Há algo subversivo sobre o Reino de Deus. Na medida em que vidas estão sendo transformadas pelo Rei, capacitados com seu poder, e vivendo de acordo com seus ensinos, a presença do Reino se espalha ao redor deste mundo. Jesus descreveu o processo assim:

E contou-lhes outra parábola: “O Reino dos céus é como um grão de mostarda que um homem plantou em seu campo. Embora seja a menor dentre todas as sementes, quando cresce torna-se a maior das hortaliças e se transforma numa árvore, de modo que as aves do céu vêm fazer os seus ninhos em seus ramos”.
E contou-lhes ainda outra parábola: “O Reino dos céus é como o fermento que uma mulher tomou e misturou com uma grande quantidade de farinha, e toda a massa ficou fermentada.” – Mateus 13:31 e 32

A mensagem de Jesus – a Boa Notícia sobre o Reino o Deus – tem o poder para mudar o mundo.


1. Isaías 9:6-7, Daniel 2:44.
2. Atos 1:6.
3. 1 João 5:19.
4. João 3:3.

5. Mateus 6:10.
6. 1 Coríntios 4:20.

Deixe seus comentários sobre esta matéria em nossa comunidade online.

Para saber mais sobre o Evangelho do Reino, visite nosso seminário online.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: